Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Associação IPSUM Home

Somos uma associação sem fins lucrativos reconhecida pelo Banco de Portugal, Direção-Geral do Consumidor e pertencemos à Rede de Apoio ao Consumidor Endividado.

Associação IPSUM Home

24.Abr.19

Apoio à população

A Associação Ipsum Home trabalha todos os dias de forma a promover um maior acesso à informação. Nesse sentido, existem sessões onde damos a conhecer os nossos serviços e esclarecemos qualquer dúvida que possa surgir.

Pretendemos ajudar e acompanhar as famílias que tenham dificuldades financeiras e que autonomamente não consigam gerir todas as responsabilidades.

Nos últimos tempos foram desenvolvidas várias parcerias com o objetivo de promover uma maior proximidade com a população, vamos continuar!

PMAA.jpeg

Fale connosco!

Venha visitar-nos.

 

19.Abr.19

A tecnologia nas nossas vidas - Crónica Quinzenal

A tecnologia assume cada vez mais um poder de relevância na sociedade moderna. Quer seja por algo palpável, como os nossos smartphones, televisões, carros ou eletrodomésticos, o mesmo pode ser dito de aplicações que assumem cada vez mais relevância no nosso dia-a-dia. É neste sentido que a reflexão desta quinzena recaí. De como por mais vantagens que se tenha na tecnologia, todos os cuidados são poucos.

É importante ter em conta que não está em causa a segurança das diversas aplicações por nós usadas, mas quando falamos de aplicações como o MB Way, a da Caixa Geral de Depósitos, entre outras. A segurança é sempre garantida, assim como a conformidade em realizar as diversas operações que estas empresas conseguem oferecers aos seus clientes por meio da evolução tecnológica. Porém, enquanto que a tecnologia nas nossas vidas poderia continuar neste saudável impacto socio-económico, acontece que no início deste ano os bancos acharam por bem começar a cobrar (a partir de maio) pelas transações realizadas por meio da aplicação MB Way.

Como jovem, e uma vez que a tecnologia é um grande alicerce da minha geração, não poderia ficar mais preplexo com esta atitude que visa criar novamente um monopólio no mercado, já que se forem usadas as aplicações próprias dos bancos a aplicação destas taxas poderá ser diferente. Fico extremamente desapontado por algo que surgiu pela simplicidade e sobretudo pelo imediato, virar negócio e prejudicial para os consumidores, em especial após a larga campanha publicitária que decorre desde o ano passado. Hoje, somos incentivados a fazer compras e transferências por meio desta oferta da SIBS, mas será que a liberdade em o fazer também implica um atentado à mesma por meio das transferências bancárias?

Para compreenderem melhor esta assunto, e atendendo à credibilidade que aqui passamos, deixo mais dados de um jornal independente de forma a que os valores possam ser consultados.

Por Diogo Simões

17.Abr.19

Testemunhos

O número de famílias endividadas tem vindo a aumentar ao longo dos últimos anos. São feitos vários pedidos de ajuda, mas será que chegam às entidades competentes?

A Associação Ipsum Home dá apoio a este tipo de famílias. Através de um atendimento personalizado analisamos o seu caso e avaliamos as alternativas possíveis. É importante reunir toda a documentação necessária, por exemplo referente aos créditos que tenha em atraso, para uma análise rigorosa.

Parafraseando este utente: “As dívidas foram acumulando e agora estamos numa situação insustentável.”

testemunhos.JPEG

Fale connosco!

Marque a sua reunião.

15.Abr.19

Novos Passes nos Transportes Públicos

Entraram em vigor, no passado dia 01 de Abril, os novos passes Andante Metropolitano e Andante Municipal.

2019-04-15 Transportes Públicos.png

 

O passe Andante Metropolitano autoriza o seu portador a viajar em todos os operadores de transportes públicos da Área Metropolitana do Porto, e entre qualquer ponto da mesma, com um custo máximo de 40 euros por utente, O passe Andante Municipal permite, por um valor de 30 euros, viajar até um concelho vizinho que esteja a uma distância máxima de 3 zonas.

Os novos passes não fazem desaparecer as taxas de desconto dos tarifários sociais existentes, sendo agora aplicados às novas tarifas. Assim, no Andante Municipal o Passe Social passa a ser de 22,50 euros e o Passe Social +para os 15 euros. O de Reformando mantem-se nos 22,50 euros. Na opção Passe Metropolitano, o Passe Social e o de Reformado ficam-se pelos 30 euros, e o Passe Social + desce para os 20 euros.

A partir de 1 de Setembro deste ano surgirá o Passe Sub12, gratuito, destinado a todos os jovens com um limite máximo de 12 anos de idade. De acordo com alguns municípios, há o objectivo de, a curto prazo, alargar este passo gratuito até aos 15 anos. Os estudantes do Ensino Superior, que beneficiam de Acção Social Directa, irão igualmente conhecer uma actualização de preços, passando a pagar 12 euros por uma cobertura Z2 ou Z3 e um máximo de 16 euros com mais de 3 zonas.

Não avança, de momento, o Passe Família, que permitiria, por um valor máximo de 80 euros (correspondente a 2 títulos de transporte de valor máximo), abranger todos os títulos mensais de um agregado familiar.

Os passes serão válidos nos 17 concelhos da Área Metropolitana do Porto, constituída pelos municípios de Arouca, Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Oliveira de Azeméis, Paredes, Porto, Póvoa de Varzim, Santa Maria da Feira, Santo Tirso, São João da Madeira, Trofa, Vale de Cambra, Valongo, Vila do Conde e Vila Nova de Gaia. Havendo ainda alguns operadores privados que ainda não aderiram a estas modalidades, a expectativa é que esta situação se encontre regularizada até ao início do mês de Maio,

Além de um aumento do rendimento disponível de algumas famílias esperam-se, com estas medidas, uma diminuição do tráfico automóvel e de todos os problemas a que a ele se encontram associados (estacionamento, congestionamentos, acidentes, etc.). Por sua vez, o Ambiente também agradece. A progressiva introdução de veículos eléctricos, não poluentes e a diminuição da emissão de gases nocivos para a atmosfera, irão trazer evidentes melhorias na qualidade do ar das nossas cidades, nas nossas saúdes e nas nossas carteiras.

Adquira o seu título, relaxe e desfrute da viagem! 

Pág. 1/2