Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Associação IPSUM Home

Somos uma associação sem fins lucrativos reconhecida pelo Banco de Portugal, Direção-Geral do Consumidor e pertencemos à Rede de Apoio ao Consumidor Endividado.

Associação IPSUM Home

22.Fev.19

Qual o papel das formações? - Crónica Quinzenal

download.png

A vida corrente é agitada. Andamos de um lado para o outro, falamos com dezenas de pessoas para, muitas das vezes, chegarmos ao final do dia cansados. Os dias vão-se repetindo, e aquilo que poderia ser uma rotina começa a alterar-se. A princípio não compreendemos, mas depois faz-se luz: a sociedade muda, e torna-se necessário perceber como podemos acompanhá-la. De que forma os novos conhecimentos que movem a esfera social, podem ajudar na nossa vida profissional e vice-versa.

Hoje sabemos que o conhecimento é cada vez mais acessível, preciso. Uma forma de nos ajudar enquanto pessoas como profissionais. As políticas vigentes ajudam nesse sentido ao potenciar e motivar o trabalhador a ser formado algumas vezes por ano. Mas será que só no trabalho temos direito a formações? Será que só a escola deve ser responsável por organizá-las para os seus alunos?

A importância de associações como a IPSUM Home, com o seu projeto AGIR+, potencia isso. Com as formações de índole económica e financeira, ajuda quem os procura na formação enquanto cidadãos mais informados. O mesmo se aplica á urgência destas formações nos mais jovens, já que nem a Universidade os prepara para a vida corrente e para questões sensíveis da esfera económica e, consequentemente, social e empregadora. É assim necessário começar a olhar para as formações com gosto. Com um papel preponderante na vida corrente de qualquer cidadão. Não somente para currículo, mas como pessoas que exercem os seus direitos de ter acesso à informação e conhecimento.

- Diogo Simões

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.